terça-feira, 7 de setembro de 2010

Nariz Arrebitado





Nem todo mundo tem o privilegio de nascer com um nariz perfeito e arrebitado na proporção correta. E por isso mesmo não pensam duas vezes na hora de recorrer às mãos de um cirurgião plástico em busca dessa perfeição. Do ponto de vista estético, o nariz é o ponto mais elevado da face, aquele que atrai o olhar dos outros em primeiro lugar. Por isso, é um elemento fundamental para a simetria do rosto. De fato a beleza de um rosto está na simetria entre seus dois lados. Mas antes de qualquer intervenção cirúrgica é preciso um estudo preciso para que a correção cirúrgica não traga mais problemas do que soluções.

De acordo com o Cirurgião Plástico da Clínica Perseu Lemos, João Amorim, a análise facial não é realizada aleatoriamente. É feita por meio do estudo de vários ângulos e retas traçadas de um ponto a outro do próprio rosto do paciente. A face é dividida em cinco porções de medidas exatamente iguais, delimitadas por linhas que vão das projeções mais laterais da cabeça aos cantos internos e externos das pálpebras. ”Essa divisão ajuda o médico a analisar, através de cálculos, as proporções do paciente e o que pode ser feito para deixar a face mais harmônica. Outro ponto de referência é o ângulo masolabial, que fica entre a ponta do nariz e a porção mais elevada do lábio superior. Na mulher, ele pode ser um pouco mais aberto”, explica o cirurgião plástico.

O fato é que 50% dos pacientes que procuram corrigir as imperfeições do nariz desejam corrigir o problema por questões estéticas, além de está entre as cirurgias plásticas mais realizadas no Brasil, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. E quem está insatisfeito com nariz tem como aliada a Rinoplastia, que pode diminuir o nariz ou aumentá-lo o tamanho, mudar o formato da ponta e forma do abaulamento do dorso do nariz corrigindo o chamado nariz torto. “É preciso existir um equilíbrio estético entre o nariz e a face, equilíbrio este que o cirurgião deve observar, a fim de preservar a naturalidade e autenticidade dessa face. Cada caso é estudado minuciosamente, a fim de que se possa dar ao nariz a melhor forma possível, dentro das exigências da face” diz João Amorim.

A Rinoplastica como todo procedimento cirúrgico requer cuidados pós-operatórios para que a recuperação aconteça dentro da normalidade. Um sangramento nasal é comum durante os primeiros dias da cirurgia, e o paciente pode continuar a sentir alguma sensação de entupimento do nariz durante algumas semanas. ”Entre as recomendações fica restrito as atividades que aumente a pressão sanguínea, como ginástica e esportes radicais, por duas a três semanas. Evite assoar ou esfregar o seu nariz, ou se expor ao sol por oito semanas. A cicatrização é um processo gradual e lento” explica o Cirurgião Plástico João Amorim.

Mas aqueles querem um “up” a indicação é a Mioplastia Nasolabial levanta a ponta do nariz por meio de um corte na mucosa que liga a gengiva ao lábio superior. Com anestesia local, o cirurgião faz uma incisão no freio, impedindo que o músculo que movimenta o lábio exerça influência sobre a ponta do nariz - ou seja, ele deixa de puxá-la para baixo. Para fechar o corte, em forma de Z ao contrário, são necessários quatro pontos, absorvidos depois pelo organismo.

De acordo com informações do cirurgião plástico João Amorim a operação dura 15 minutos e a paciente é liberada logo em seguida. Após duas semanas, o inchaço, que dificulta a mobilidade dos lábios,diminui, desaparecendo depois de dois meses. ”Com essa técnica é possível levantar a ponta do nariz em até 3 milímetros, dependendo do caso, ou seja, literalmente o nariz arrebitado” finaliza João Amorim.


Serviço:

Clínica Perseu Lemos

Dr. João Amorim

Rua Lins Pettit,289

Ilha do Leite

Recife-PE

Fone (81)3222-2089

www.joaoamorim.com.br




Um comentário:

crevinhoeurodisco disse...

Madame excentrica eu não sou mulher mas achei interessante